Notícias



Relatório destaca empreendedores precoces do Brasil

Estudo da OCDE coloca o Brasil entre os países com grande proporção de startups criadas por estudantes ou recém-formados
Visualize fotos

Um relatório elaborado pela Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) mostra que o empreendedorismo praticado por universitários ou recém-formados tem destaque em países como Canadá, Austrália, Índia e Brasil. Nessas nações, a proporção de estudantes que fundam empresas de base tecnológica, as startups, é superior a 10% do total de empreendedores – uma taxa superior a de países como Estados Unidos, Israel, Reino Unido e França.

A OCDE avaliou o perfil de startups registradas na base de dados Crunchbase, que reúne informações de aproximadamente 447 mil empresas inovadoras em 199 países. No caso do Brasil, contabilizaram-se apenas 290 startups, mas 12% delas tinham sido fundadas por estudantes de graduação ou recém-formados. Embora apresentem uma taxa de mortalidade expressiva, essas empresas servem como um termômetro da importância da inovação entre os jovens e chamam a atenção de grandes companhias interessadas em novos modelos de negócio.

Observou-se que, nos países analisados, os segmentos de jogos, transporte, educação e comércio on-line apresentam maior incidência de empreendedorismo estudantil. Não por coincidência, são áreas cujas inovações estão geralmente atreladas a softwares e aplicativos, e não exigem grande aporte de investimento para dar início às atividades. Já em setores como biotecnologia, saúde, energia e alimentos, as startups geralmente são criadas por pessoas mais experientes, que fazem ou concluíram a pós-graduação.

Rafael Ribeiro, diretor da Associação Brasileira de Startups (ABStartups), enxerga uma conjunção de fatores para explicar o interesse dos estudantes ou recém-formados.

“Os jovens costumam ser mais tolerantes ao risco e isso faz com que possíveis fracassos os motivem a seguir adiante”, avalia. “Somado a isso, o cenário de crise econômica torna o empreendedorismo uma opção atraente e uma promessa de independência financeira.”

 

 




Publicado em: 25 de julho de 2018

Publicado por: Universidade de Campinas (Unicamp)

Cadastre-se e receba notícias em seu email

Categoria: Notícias da Câmara

Fique por dentro

Outras Notícias

Eleita a Mesa Diretora da Câmara Municipal de Itapetininga para o próximo biênio

14 de dezembro de 2018

Na sessão ordinária desta última quinta-feira, 13 de dezembro, a Câmara Municipal de Itapetininga, em sessão presidida pelo Vereador Antonio Etson Brun, elegeu a nova mesa Diretora, que dirigirá os...

Leia Mais

Entregue de Título de Cidadão Itapetiningano ao Dr. Jorge Paunovic

06 de dezembro de 2018

    No último dia 29 de novembro foi realizada , com a presença da sociedade itapetiningana, a sessão solene de entrega do Título de Cidadão itapetiningano ao Dr. Jorge Paunovic, atual Presidente d...

Leia Mais

Parlamento Jovem de Itapetininga terá entrega de Medalha de Mérito na terça, dia 4

30 de novembro de 2018

    No próximo dia 4 de dezembro, ás 19 h, o Parlamento Jovem de Itapetininga terá sua sessão solene, no Plenário Humberto Pellegrini, da Câmara Municipal de Itapetininga, com a entrega da Medalha...

Leia Mais

Aprovado projeto de Itamar, concedendo o Título de Cidadã Itapetiningana à Prof.ª Angelina Hungria

28 de novembro de 2018

    A Câmara Municipal de Itapetininga aprovou, por unanimidade, o Projeto de Decreto Legislativo 22/2018, de autoria do Vereador Itamar José Martins, dispondo sobre a concessão de Título de Cidadã...

Leia Mais