Notícias



6 milhões de pessoas ainda não se vacinaram contra a gripe

Visualize fotos

No total, 89% do público-alvo tomou a vacina contra a gripe neste ano. A meta é atingir 90% desse grupo. Crianças e gestantes tiveram a menor cobertura
Apesar da vacina contra a gripe ainda estar sendo ofertada, mais de seis milhões de pessoas do público prioritário deixaram de se proteger contra a doença este ano. A cobertura vacinal, após três semanas do fim da campanha, chegou a quase 89%. O índice, no entanto, ainda está abaixo da meta recomendada pelo Ministério da Saúde, que é de 90%. Gestantes e crianças continuam sendo os que menos procuram as salas de vacinação, com cobertura de 76,4% e 73,6%, respectivamente. Até o início da semana, 3,3 milhões de crianças e 493.710 grávidas não tinham se vacinado contra a gripe.
De acordo com o último Boletim Epidemiológico, divulgado nesta semana, 50,4 milhões de pessoas que fazem parte da população-alvo da campanha se vacinaram contra a gripe. Desse total, 20,2 milhões foram idosos; 4,4 milhões trabalhadores da saúde; 2,2 milhões professores; 358,9 mil puérperas e 643,3 mil indígenas. Todos esses públicos, atingiram a meta de vacinação.
Desde o último dia 25 de junho, os municípios que ainda tiverem vacinas contra a gripe disponíveis, puderam estender a vacinação também para crianças de cinco a nove anos e adultos de 50 a 59 anos. Nestes dois grupos, já foram aplicadas 997.182 doses, sendo 411.474 e crianças de cinco a nove anos e 585.708 nos com idades entre 50 e 59 anos.
“Foram dois meses de oportunidade exclusivamente para o grupo prioritário se vacinar. Agora, a recomendação é que as doses sejam disponibilizadas também para esses outros públicos”, destacou o ministro da Saúde, Gilberto Occhi.
VACINAÇÃO DA GRIPE POR REGIÃO
A região sudeste é a que tem menor cobertura vacinal contra a gripe até o momento, com 84%. Em seguida estão as regiões Norte (85%), Sul (90,3%), Nordeste (94%) e Centro-Oeste com a melhor cobertura, de 99,1%. Entre os estados, Goiás (106,6%), Ceará (104%), Amapá (100%), Distrito Federal (97,3%), Espírito Santo (96,5%), Pernambuco (95,3%), Tocantins (95,2%), Alagoas (94,1%), Minas Gerais (93,9%), Mato Grosso (93,7%), Maranhão (93,7%), Paraíba (92,8%), Rio Grande do Norte (92,3%), Sergipe (92%), Paraná (92%), Piauí (91,4%) e Mato Grosso do Sul (90,2%) atingiram a meta do Ministério da Saúde. Os estados com as taxas mais baixas de vacinação contra a gripe são Roraima, com 66,7% e Rio de Janeiro, com 75,6%.
Fonte: Ministério do Meio Ambiente




Fique por dentro

Outras Notícias

Uanderson solicita rede de energia na Av. João Tobias de Albuquerque e Rua Olegário Paulino Seabra

20 de dezembro de 2018

    O vereador Uanderson Clayton de Oliveira Moreira, através de requerimento, está solicitando à Prefeita Municipal a realização de estudo e a instalação da rede secundária de energia na Avenida J...

Leia Mais

Sidnei reivindica 8 bicicletas para agentes de saúde da UBS Rechã

20 de dezembro de 2018

    O vereador Sidnei Teixeira Barbosa está solicitando à Prefeita e à Secretária Municipal de Saúde a destinação de 8 bicicletas para agentes de saúde da UBS Rechã, para realizarem visitas ás resi...

Leia Mais

Eduardo Prando destaca necessidade de asfaltamento, guias e iluminação para moradores da Vila Belo Horizonte

20 de dezembro de 2018

  Destacando que moradores da Vila Belo Horizonte, mais especificamente da Rua João Correa de Moraes estão reclamando da falta de asfaltamento, guias e iluminação, o vereador Eduardo Prando apresen...

Leia Mais

Dudu Franco solicita colocação de grama no parquinho instalado na Avenida Peixoto Gomide

20 de dezembro de 2018

    Lembrando que a área onde foi instalado o playground (parquinho)  na Avenida Peixoto Gomide está sem grama, e com o tempo seco acaba levantando poeira quando as crianças estão brincando, o vere...

Leia Mais